BRUXISMO

O bruxismo é um distúrbio do sono cuja causa não está totalmente estabelecida. O principal sinal de sua presença é o ato de ranger ou apertar os dentes de forma repetitiva, produzindo sons indesejáveis que são observados pelo companheiro que durma com o paciente.

 

Observa-se também a presença de desgaste uniforme nos dentes, dor de cabeça pela manhã e o relato do paciente dizendo que acorda durante a noite com os dentes travados e com a boca apertada frequentemente.

 

O bruxismo pode ser extremamente destrutivo, sendo muito importante o seu diagnóstico o mais precoce possível, pois dependendo da intensidade do bruxismo há o desgaste dos dentes ao longo dos anos.

 

Atualmente, o cirurgião-dentista consegue tratar as consequências do bruxismo, sendo o mais indicado a utilização de placas de mordida quando há desgaste dos dentes ou dores faciais e de cabeça relacionadas.

 

 

 

 

 

 

 

As placas de mordidas são aparelhos feitos de acrílico, colocadas sobre os dentes que tem com função principal proteger o desgaste dos dentes, aliviar as articulações temporomandibulares (localizadas a frente dos ouvidos) e relaxar a musculatura, aliviando as dores na região mandibular. Também podem ser indicadas para pacientes que possuam dificuldades para abrir a boca, travamento e estalidos.

 

O tempo de utilização da placa varia de paciente para paciente, porém é de extrema importância ressaltar que a placa deve ser avaliada periodicamente, caso contrário sua utilização será mais nociva podendo causar problemas ainda maiores.

 

Dr. Marcos Paulo Nagayassu

Mestre e Doutor em Odontologia Restauradora – UNESP