APICECTOMIA

O que é apicectomia?

É uma cirurgia que tem por finalidade a remoção da lesão que se forma no ápice (ponta da raiz do dente). Existem dois tipos básicos de cirurgia: uma que apenas remove a lesão através de curetagem e outra que, além disso, remove o ápice da raiz.

 

Por que ocorre essa lesão na ponta da raiz?

Nessa região da raiz, existe um orifício pelo qual passam vasos e nervos que vão nutrir a polpa dentária. Quando a polpa está infectada, a região do ápice também poderá estar infectada e aí se forma um processo inflamatório.

 

Como isso e resolvido?

Normalmente, apenas a remoção da polpa dentária e a desinfecção do canal (tratamento de canal) são suficientes para promover a cura.

 

Então, por que é necessário realizar a cirurgia?

Porque nem sempre só com o tratamento consegue-se a eliminação da lesão no ápice da raiz.

 

Essa lesão causa dor?

Nem sempre. Muitas vezes, ela é assintomática, de desenvolvimento gradual e lento, provocando destruição óssea da região. Na maioria das vezes, apenas com a radiografia essa lesão poderá ser percebida.

 

Não há outros recursos? Tomar antibióticos resolve?

A prescrição de antibióticos em determinadas circunstâncias é um bom auxiliar; porém, a intervenção cirúrgica é necessária para a cura completa. Através dela, removem-se tecidos contaminados que estão fora do alcance das medicações.

 

O problema estará resolvido definitivamente com essa cirurgia?

Dificilmente ocorrerá recidiva do processo. Esse fato é mais frequente quando apenas se faz a curetagem sem a remoção da ponta da raiz. Aconselha-se controle radiográfico periódico.

 

O dente ficará menos resistente a forças mastigatórias?

Não. Ficará menos resistente, certamente, se a lesão progredisse em volta da raiz, por falta de tratamento.

 

Poderá ser realiza da em qualquer tipo de dente?

O acesso é mais fácil nos dentes anteriores superiores. Dependendo da anatomia e das condições locais, é possível que essa cirurgia seja realizada em outros dentes.

 

É uma cirurgia complicada?

Não é uma cirurgia complicada, pois não existe grande manipulação dos tecidos.

 

O que se sente nas horas seguintes à cirurgia?

Normalmente, o pós-operatório é indolor ou provoca um desconforto mínimo, o que se resolve com analgésicos.

 

REF. BIBLIOGRÁFICA: REVISTA DA APCD V. 51 N.3 MAI/JUN 1997